11 de dez de 2016

RESENHA: MENTIROSOS

Editora: Seguinte
Autor: E. Lockhart
Páginas: 272

Sinopse: Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence - neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos.

Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.



Foi a minha primeira leitura com esta autora e posso dizer que de começo a minha concepção foi dar melhores ao ficar sabendo do livro. Não que ele seja de mal conteúdo e que não seja uma leitura agradável, mas como o livro é narrado em terceira pessoa acredito ser por isso eu não ter gostado tanto assim.



Podemos dizer que Candence é a protagonista principal do livro e é a neta primogênita da família Sinclair. Então todo ano a família se reúne em uma ilha particular no verão, onde todos se encontram e festejam alegremente, porém, sempre com pequeno conflitos.
Junto a seus primos Mirren Johnny, e ao seu amado amigo Gat, Cady forma um grupo dos Mentirosos para aproveitar cada minuto na ilha. 


Mas quando Cady está preste a ter quinze anos, um acidente imprevisível acontece, deixando todos desesperados. Onde Cady atrai para si mesma uma depressão muito forte, com muitas dores de cabeça e amnesia. Dois anos se passam quando ela se cansa de se esconder do mundo e resolve voltar até a ilha. Porém, a ideia de que Cady tenha que voltar até a ilha, leva seus amigos e familiares evitarem ao máximo falar sobre o acontecido, sendo então cautelosos, ajudando-a a se recuperar.

A narrativa como disse acima, pode soar muito estranha as vezes, dando ar de insignificância ao ler o livro. Porém com a historia que os Mentirosos tem para contar, acaba que uma narrativa não interrompe o simples fato de querer devorar o livro. O que me admirou é que mesmo com todas dificuldades de Cady ela não deixou de ser uma menina humilde, justa e ( na maioria das vezes ) certa.

Ou seja, a autora E. Lockhart me deixou cada vez mais surpresa no decorrer do livro. Porque mesmo que você demonstre cansaço ao estar lendo, não consegue desanimar de ler, pois a historia da família Sinclair e os Mentirosos promete muita coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário